Entrevista: Ernan Batencour, Autor de “Aventura Atômica” e “O Cristal de Sangue”

Super Ninguém: Você diz ter começado a se interessar pelo universo literário através das aventuras do detetive Sherlock Holmes, escritas por Sir Arthur Conan Doyle. Você tinha quantos anos na época e você se lembra o que mais te atraiu nos livros dele?

Ernan: Eu tinha uns 16 para 17 anos, e já tinha lido alguns livros, mas quando eu estava lendo “Um Estudo em Vermelho” que é o primeiro livro do Sherlock Holmes, foi diferente, eu fiquei vidrado na história, não conseguia parar de ler e queria descobrir o que iria acontecer em seguida. A forma que foi escrito, o mistério, a inteligência e a personalidade de Holmes foi o que me trouxe para o universo literário. Depois disso, comecei a abrir a mente para conhecer e me envolver com outras histórias e outros personagens que marcaram minha vida.

Super Ninguém: Você jogou e ainda joga RPG, e, assim como muitos jogadores, descobriu que gostava de contar histórias. O quanto os jogos de RPG influenciaram ou influenciam a criação de seu universo literário? Você diria que o RPG é uma forma de incentivar a criatividade?

Ernan: O RPG influenciou diretamente meus livros, quando criei as campanhas e o mundo para jogar com meus amigos, acabou surgindo em mim uma necessidade de expandir esse mundo, e aí veio a ideia de escrever os livros. Eu acredito que o RPG é um exercício mental que fortalece a criatividade, porque para ter criatividade a pessoa precisa estar criando, e o RPG é isso, é misturar imaginação, criatividade e diversão em algumas horas muito bem gastas.

“O Cristal de Sangue”, livro que teve sua origem em uma campanha de RPG

Super Ninguém: O seu livro “O Cristal de Sangue” é baseado em uma campanha de RPG sua, então, as decisões dos personagens no decorrer da trama são as mesmas decisões que os jogadores de RPG tomaram durante os jogos ou houve alterações?

Ernan: Não, nem os personagens são os mesmos. Eu não quis continuar e nem reescrever a campanha que já tínhamos jogado, eu preferi expandir, dessa forma eu usei o mundo, as cidades e alguns NPCs. A história dos livros é algo diferente, uma novidade até para os meus amigos que jogaram minha campanha.

Super Ninguém: J.R.R Tolkien e seu clássico eterno “O Senhor dos Anéis”, e mais recentemente, George R. R. Martin, com suas “Crônicas de Gelo e Fogo” influenciaram e influenciam campanhas de RPG e autores de fantasia medieval até hoje. Você os leu? Eles também tiveram forte influência na criação do mundo onde se passa “O Cristal de Sangue”?

Ernan: O mundo do Tolkien é realmente fantástico, já o do George R. R. Martin eu li apenas o primeiro livro. Eu precisei usar pelo menos uma referência ao Tolkien, em uma parte do livro os protagonistas passam por um lugar chamado Montanhas da Perdição, e nessas montanhas acontece uma surpresa bem interessante na história.

Super Ninguém: Fale um pouco sobre a história de “O Cristal de Sangue”.

Ernan: O Cristal de Sangue é o primeiro livro da série 2 Filhos da Guerra, nesses livros de aventuras com temática medieval, Yzidri e Krutak Ogdan são 2 irmãos que sempre enfrentam qualquer problema, sempre estão prontos para uma boa briga e para um bom hidromel.

Nesta primeira aventura, eles vão descobrir que existem objetos muito poderosos espalhados pelo mundo. Também existem muitas pessoas atrás de tais objetos. E que eles estão no meio de tudo isso simplesmente por nascer em uma cidade peculiar.

Super Ninguém “O Cristal de Sangue” é o primeiro, quantos livros estão previstos para a história? Já começou a escrever o próximo?

“Aventura Atômica”, livro com temática Cyberpunk

Ernan: Estão previstos 4 livros, todos estão com a história esquematizada e pronta para colocar no papel, mas no momento estou envolvido com outros projetos.

Super Ninguém: O seu outro livro “Aventura Atômica” é bem diferente, se passa no futuro e parece estar mais próximo da temática Cyberpunk. Também se baseia em uma campanha de RPG? Do que se trata a história?

Ernan: Sim, novamente eu usei o mundo e alguns detalhes da campanha para escrever o livro. É uma aventura de um futuro próximo, novas tecnologias e novos costumes mudaram o mundo, mas não necessariamente para melhor. Nesse mundo máfias poderosas e grandes corporações estão em uma constante luta para ver quem vai ter mais poder bélico e financeiro e saber como ostentar tal poder. E nesse meio, John Kasten, um jovem rapaz muito habilidoso é contratado para realizar um grande roubo. Será que vai conseguir? O que ele terá que roubar? E será que terá complicações? Acompanhe tudo isso, nesta aventura Cyberpunk explosiva.

Super Ninguém: Há uma pitada de Blade Runner nele?

Ernan: Bem pouco, eu gosto muito do filme, ele que me apresentou o gênero cyberpunk, mas depois conheci outras obras do gênero, e essas tiveram até mais influência sobre meu livro.

Super Ninguém: E quais obras seriam essas?

Ernan: Filmes Ghost in the Shell e O Quinto Elemento. Alguns livros do Isaac Asimov, o que já vimos sobre o jogo Cyberpunk 2077 me animou bastante sobre esse gênero e até mesmo o Nerdcast RPG Cyberpunk.

Super Ninguém: Além das duas temáticas (fantasia e cyberpunk), você mencionou que gosta de horror. Planeja escrever sobre isso no futuro?

Ernan: Estou escrevendo agora mesmo, eu descobri relatos sobre uma criatura chamada Mothman (homem mariposa). Lendo esses relatos, veio a ideia de escrever um conto fantasioso de horror e suspense sobre essa criatura, contando uma possível origem dela e explicando o porque ela aparece para algumas pessoas antes de acontecer grandes tragédias ou acidentes.

Super Ninguém: Finalmente, onde os leitores podem encontrar ambos os livros?

Ernan: Eles estão disponíveis na Amazon, apenas por ebook no kindle ou em aplicativos kindle. Tem aplicativo para celular, tablet, computador. Esse aplicativo é como se fosse uma loja virtual onde todos podem comprar seus livros, terem eles para sempre e lerem por lá sem pagar nada a mais. E ainda para quem assina kindle unlimite os livros estão grátis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *