Cosplay: Aranha de Ferro

Cosplay é uma das coisas que faz Giovanna mais feliz, e até por isso ela não usa máscara em seu traje de Aranha de Ferro, para conversar melhor, sorrir e interagir com as pessoas que vem tirar foto nos eventos.

Confira a seguir o nosso bate papo com essa jovem que começou no mundo Cosplay lutando ao lado dos Vikings e agora enfrenta ameaças cósmicas ao lado dos Vingadores.

Foto da Capa por: @mariana pekin/ uol

Cosplayer: Giovanna Britto

Ficha Técnica
  • Quanto tempo levou para fazer: 6 meses
  • Custo do Cosplay: R$400,00
  • Principais Materiais Utilizados: Cano de PVC e EVA
  • O que mais deu trabalho para fazer: As Garras
  • Algum conselho para quem quiser fazer o cosplay: se prepare pra ter muita dor nas costas nos eventos kkkkk

Super Ninguém: Há quanto tempo foi e qual foi o seu primeiro cosplay? Você se lembra qual foi a sensação de se apresentar pela primeira vez em público como Cosplayer?

Giovanna: Meu primeiro cosplay foi a Lagertha, de Vikings, em 2017. Lembro que foi muito estranho porque as pessoas me pediam fotos e eu falava: ué? Foto comigo? Até que um dia acostumei. A minha primeira apresentação em palco foi com esse cosplay também, sendo totalmente não planejada e inesperada, mas muito legal. Quando subi no palco e vi tantas pessoas vendo meu trabalho, fiquei bem feliz.

Super Ninguém: O Aranha de Ferro não é um personagem/uniforme tão conhecido quanto o tradicional vermelho e azul do aracnídeo. Em que momento você teve a ideia de fazer este cosplay?

Giovanna: Eu sempre gostei de cosplay com “props”, que são partes como armas, garras, escudos. Desde a primeira vez que eu vi o traje no filme eu olhei pra ele e falei “preciso fazer isso”. Fiquei apaixonada pela forma como ele foi construído, e as garras nas costas são a cereja do bolo nele.  Mesmo não sendo um traje convencional do Homem Aranha, com certeza se tornou bastante icônico.

Cosplay Aranha de Ferro: Giovanna Britto, por @danielportolira

Super Ninguém: Não dá para negar que ele chama a atenção logo de cara. Você já foi em muitos eventos? Qual é a reação dos fãs, em especial das crianças, quanto o veem?

Giovanna: Já usei o cosplay do aranha de ferro em três eventos. Sempre tive uma resposta muito legal do público, desde a primeira vez que usei, e sempre acabo ficando algumas horas parada tirando fotos. As pessoas geralmente ficam chocadas, porque não é um cosplay muito comum por aí, e principalmente as crianças adoram – elas sempre pedem pra subir no colo ou pra fazer a “pose do homem aranha” junto. É muito legal e gratificante.

Super Ninguém: Você não é a primeira Cosplayer que opta por remover a máscara, elmo, capacete do uniforme. Isso tem a ver com o conforto, já que vivemos em um país onde as temperaturas vão de muito quente a infernal?

Giovanna: Eu só fiz cosplay com máscara uma vez na vida – fiz o Soldado Invernal – pra nunca mais fazer, porque é muito quente e desconfortável. Eu também acho que as máscaras acabam tirando um pouco da possibilidade de conversar, sorrir e falar com o pessoal que vem tirar foto, então sempre optei por não usar.

Super Ninguém: É o terceiro Genderbend que temos aqui no site (os primeiros foram Kratos e a Arlequina). Você sente que estes cosplays contribuem para que os cosplayers se sintam à vontade para se fantasiarem do que acharem melhor, sem se preocupar com peso, idade, sexo ou outros fatores que poderiam parecer um impedimento?

Giovanna: Sem dúvidas o cosplay Genderbend é um passo muito importante dentro da comunidade cosplayer. É muito importante pra que a gente perceba que cosplay não se limita a ser parecido, ser do mesmo gênero, idade, peso, etc – porque cosplay é uma arte sem limitações, é a arte de se vestir e interpretar os personagens que mais amamos. Acho que quebrar essas barreiras dentro do universo cosplay é importante e muito encorajador, principalmente para que as crianças vejam que não importa se você parece com aquele personagem ou não.

Cosplay Aranha de Ferro: Giovanna Britto, por @garotasnerds

Super Ninguém: Além dos eventos Geek/Nerd, você participa de algum outro tipo de trabalho, voluntário ou não, com o seu cosplay?

Giovanna: Nunca consegui me inscrever pra nenhum tipo de trabalho voluntário em São Paulo, apesar de já ter procurado alguns, mas gostaria muito de poder me voluntariar pra levar a felicidade que o cosplay traz pra mim para outras pessoas também.

Super Ninguém: Bom, se tiver algum grupo de Cosplayers com trabalho voluntário lendo essa matéria, que tal recrutar a Aranha de Ferro? Deixa mensagem nos comentários ou procura a heroína no Facebook. Agora, é quase certo que você tenha algum momento emocionante que você vivou vestindo esse uniforme, ou não? Poderia nos contar?

Giovanna: Sem dúvidas os dois momentos mais marcantes usando esse cosplay foram desfilar na CCXP. Poder mostrar o meu cosplay pra tanta gente, no palco da maior convenção Geek do brasil, foi um ponto de virada no meu trabalho como cosplayer. É um momento que eu nunca vou esquecer.

Super Ninguém: É, desfilar no palco da CCXP deve fazer o coração bater a mil, não sei se eu teria essa coragem. Além da Aranha de Ferro, você também é cosplay da Mulher Maravilha, certo? Há quem diga que foi o melhor dos filmes da DC Comics. Tem alguma personagem da DC ou da Marvel que você gostaria de ver nas telas? Alguma personagem que esteja em seus planos para um futuro cosplay?

Giovanna: Eu gostaria muito de ver uma Mary Jane Aranha no cinema. Eu sinto que historicamente as personagens femininas do universo aranha foram sempre muito sub-aproveitadas, com exceção da Gwen em aranhaverso, que gostei muito. Eu também estou bem ansiosa pela estreia da Mulher-Leopardo em Mulher Maravilha 1984, com certeza é um cosplay que gostaria muito de fazer.

Super Ninguém: Qual a importância do universo cosplay na sua vida?

Giovanna: O cosplay se tornou uma das partes mais importantes da minha vida atualmente. É o que sempre me deu vontade de levantar da cama e fazer as coisas, mesmo que seja passando madrugadas cortando e colando EVA pra fazer algum prop aleatório. Fazer cosplay é uma das coisas que mais me faz feliz na vida, principalmente quando posso fazer amigos e conhecer outras pessoas ao mesmo tempo.

_____________________________________________

O Aranha de Ferro em ação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *