Espectro Girl: Deadman Wonderland, o paraíso do pica-pau envenenado

Por Espectro Girl

Dez anos após o Japão se recuperar de uma tragédia que resultou no afundamento de grande parte de Tóquio, 2023, uma prisão particular é construída no espaço e é vista como um modelo e um paraíso para quem visita o local. Igarashi Ganta, nosso protagonista, iria com sua turma visitar o tão aclamado presídio, e a viagem de fato aconteceria se não fosse por um massacre que resultou na morte de toda a sua turma.

Um crime sem testemunhas onde todos morreram e só um rapaz sobreviveu? Fácil encontrar o culpado.

Ganta é enviado para o local que iria visitar, agora ele fazia parte das atrações bizarras daquele lugar, onde pessoas iam torrar seu dinheiro para ver outras pessoas em atividades inimagináveis e as vezes grotescas.

Personagens de Deadman Wonderland

A história envolve diversos elementos, contamos com fantástico, drama, sci-fi, e mortes horrendas é o que temos de sobra, além de traições inesperadas.

A história vai se aprofundando gradativamente nos poderes do protagonista e dos outros com a mesma capacidade, e aos poucos é revelado como e por que eles conseguiram aquilo.

Bom, ao menos isso é no mangá, pois no anime ficou tudo tão confuso e misturado que é muito mais fácil pegar a massa de um bolo pronto e separar os ovos da farinha.

Todos em Deadman Wonderland estão presos, ninguém ali é genuinamente bom, algo você teve que fazer para ser preso naquele lugar doentio e sádico, o problema de nosso protagonista é não perceber isso e confiar cegamente na primeira pessoa que estende a mão e sorri, de esquecer que não são todos os humanos bons; uma pessoa sempre precisa passar por cima de outra em algum momento da vida para conseguir algum sucesso.

Existe um bloco que poucos sabem de sua existência, o Bloco G, onde uma criatura nomeada como ovo maldito é guardado e criado, e o que importava é que aquele ovo foi quem matou toda a sala de Igarashi, e ele faria de tudo para se vingar, fazer justiça, e realizar seus desejos, custe o que custasse.

Shiro e Ganta em Deadman Wonderland

Quem garante para você que o seu desejo é o certo?

Quem garante que sua opinião de justiça é de fato justa?

Quem garante que o que você vive é de fato uma vida infeliz ou feliz?

Quem considera isso e de qual ponto de vista?

É fácil você cogitar algo fora de sua realidade como errado, mas e quando esse errado passa a fazer parte de sua vida? Você poderia muito bem falar que é errado e condenar, mas quando cria um laço afetivo, por algum motivo esse errado passa a ser certo e justo, e se alguém disser o contrário, o errado passa a ser você.

Em diversos momentos a história nos faz parar e questionar, se você está julgando essa coisa como errada, olhe de outro ângulo e pense duas vezes, e se julga que é certo, olhe para a sombra e veja o que está escondendo, e mais importante, as pessoas sempre nos enganam, mas não mais do que nós mesmos nos enganamos.

Shiro é uma personagem que parece ser a mais justa dali, é uma boca sem filtro e age sem pensar duas vezes, tudo o que ela faz é pensando no bem estar de Ganta, afinal eles eram amigos na infância e por algum motivo foram separados. Apaixonada por doces e o Ace man, o super herói que passava na televisão durante a sua infância e fascinava a dupla, e em uma promessa, o rapaz disse que seria o Ace man dela, até que ela provasse o contrário o salvando do ataque de um cachorro e provando que ela era a heroína dele. Bom, no fim descobrimos que ela não só é a heroína, mas uma azarada que sofreu o que sofreu por culpa daquele que tanto quis proteger.

Os presos com as mesmas capacidades de Ganta são obrigados a brigarem entre si com nome de pássaros, como corvo, a beija flor, e nosso protagonista é o pica-pau, já que ouviu durante sua infância a musica do pica-pau do bico envenenado, que bicou toda a floresta e acabou matando seus amigos envenenados, um animal realmente cruel vendo por esse lado, mas Shiro questiona se a culpa realmente é da ave, pobre pica-pau, tudo o que ele queria era alguém, mas no fim essa pessoa morria por sua culpa.

Ganta e Garota Beija Flor em Deadman Wonderland

O mangá é a melhor opção entre ele e o anime, a animação parece ter pressa em fazer cenas de conflito meia boca e deixar diversas pontas soltas, enquanto nas páginas cada promessa feita é cumprida, cada duvida é tirada e cada angustia teve seu devido fim, mas chega a ser engraçado como, em ambos, as pessoas que não viviam naquele paraíso dos mortos achavam os efeitos visuais muito bem elaborados, como pareciam reais, e como era divertido ver presos em atividades torturantes por puro entretenimento, e como ninguém em momento algum julgou que aquilo era errado, como era imoral se divertir com a desgraça alheia mesmo sendo alguém supostamente ruim.

Com um estômago forte e mente bem paciente para aguentar o protagonista, juntamente de um psicológico controlado para não ameaçar xingar todos os personagens que aparecem na história, é uma boa recomendação para maratona em apenas um dia e ir reclamar com seus amigos em seguida, e o melhor de tudo vai ser puxar debates e questionamentos sobre ética e moral enquanto seus colegas desejam que você apenas pare de assistir animes e fazer tais questionamentos a tal hora da madrugada.

Trailer Legendado Deadman Wonderland

____________________________

Espectro Girl insiste em manter seus amigos acordados durante a madrugada enquanto discute sobre ética e moral nos animes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *