Estante da Viih: Motivos para ler Os Instrumentos Mortais

Por Virgínia Sampaio Balduco

Cidade dos Ossos para mim foi uma leitura repleta de clichês, e se você me conhece, sabe muito bem que eu não tenho problema algum com isso. Quando me refiro a clichês, quero frisar que falo em relação aos diversos outros livros de Fantasia que temos no mercado atualmente. Mas, mesmo Cassandra Clare tendo apostado em algo tão comum hoje em dia – triangulo amoroso, vampiros, lobos, bruxos, entre outros – o primeiro livro da série ‘Os Instrumentos Mortais’, me conquistou completamente, e o tornou único no meu ponto de vista.

Cassandra Clare é responsável por escrever a série de seis livros “Os Instrumentos Mortais”,  que ganhou fama mundial desde o lançamento do primeiro, Cidade dos Ossos, em 2007.

Os livros repercutiram  positivamente, tanto que foram adaptados para filme e série de TV .

Livro Cidade dos Ossos de Cassandra Clare

Clarissa ou Clary Frey é uma jovem nova iorquina comum, ou, pelo menos, é o que pensava ser, até que certa vez, se depara com uma confusão que só ela consegue ver. E logo em seguida, tem sua mãe raptada misteriosamente, é apresentada aos Caçadores de Sombras (ou nephilins), criaturas metade humano metade anjo, com habilidades sobrenaturais.

Ela é levada ao Instituto, local onde vivem os nephilins, onde aprende sobre o submundo (formado por vampiros, lobisomens, fadas e feiticeiros que coexistem entre os humanos e os nephilins) e  a criação dos Caçadores de Sombras a partir de três instrumentos mortais dados pelo anjo Raziel; aqui, o mundo contemporâneo se intercala com a vivência dos Caçadores de Sombras, eles são, essencialmente, soldados; vivem para cumprir a missão dada pelo Anjo.

Eles utilizam criações próprias e possuem habilidades superiores graças às Runas, marcas que desenham na própria pele para adquirir poder (rapidez, invisibilidade, força, cura, entre outras). 

Uns dos pontos positivos é um universo, rico e carregado de detalhes, com pontos que se interligam entre as histórias de cada criatura existente e o motivo pelo qual existirem.

A autora acerta quanto a dosagem de diálogos e descrições, tudo se encaixa de forma completa e equilibrada. As descrições de personagem e ambientes criam imagens perfeitas, pesando positivamente para o enriquecimento da escrita.

Sim,  tem muito romance, cenas hot, muito hot; não, os livros não são melosos, mas sim tem sua dose de romance, não somente entre o casal principal, mas entre os secundários também (se é que podemos dizer que algum destes personagens é secundário né…), e o bacana é que a autora soube dosar bem ação/aventura/romance, surpreendendo o leitor e fazendo-nos ansiar pela próxima cena mais ’caliente’ com nosso casal preferido.

Livros Cassandra Clare

Além disso, a autora resolveu explorar o homossexualismo na história e o faz de forma sutil e encantadora, mostrando que todas as formas de amor devem ser respeitadas, porque amor é amor.

Quer mais motivo?! Gente, “Os Instrumentos Mortais” é uma das melhores séries da atualidade, devo falar ainda que é de uma  grande importância pra cultura pop, que já teve duas adaptações, com o filme de mesmo nome (o filme é horrível, nem percam tempo assistindo), e o seriado Shadowhunters ou caçadores de sombras, este, você confere todas as temporadas na Netflix.

Trailer Shadowhunters Netflix

__________________________________________

Virgínia é uma sonhadora, louca por livros, séries e filmes, e seria uma ótima detetive. Para mais textos e dicas de séries, é só curtir a sua página no Facebook:

🔶https://www.facebook.com/EstanteDaVii/

Ou seu canal no Youtube:

🔶https://www.youtube.com/channel/UCM1_YTKx7Zcpi8MyQGVMxcw

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *