O Vale Nerd: X-Pocs – Evolution – O melhor suecado de X-Men que você verá hoje!

Por Everton Nucci

Olá todo mundo, bem vindes ao vale! Eu sou Everton Nucci e hoje resolvi fazer algo diferente. Como o editor do site disse que podemos escrever sobre qualquer coisa, por mais bizarra e sem noção que ela pareça, decidi que essa era uma boa hora para testar os limites dele fazendo uma análise da websérie “X-POCs – Evolution” do canal do youtube “Universo Poc”.

Nota do Editor: Dai-me paciência, senhor! Nem a Julie vai gostar dessa matéria.

Em primeiro lugar eu gostaria de reforçar o quanto eu amo a internet. A maneira como o avanço da tecnologia de edição de imagens e de distribuição de vídeos democratizou a criação de conteúdo de entretenimento é simplesmente incrível. Creio que a produção da qual irei falar hoje é uma excelente prova disso.

Talvez você ache que eu enlouqueci ou pense que eu estou sacaneando ao sugerir “X-POCs”, numa coluna onde eu falo de produções milionárias, de grandes clássicos e de blockbusters, mas garanto que eu estou falando super sério. Ao avaliar qualquer tipo de produção artística você tem que ter sempre em mente qual é a proposta da produção, e no caso dessa websérie, a proposta é bastante clara: trata-se de uma sátira suecada das HQs e desenhos animados dos mutantes, principalmente “X-men – Evolution”. Por isso, quando avaliamos o quanto “X-POCs – Evolution” satiriza a série original e o quanto as soluções suecadas para figurinos e cenários são criativas, podemos dizer que essa série é brilhante.

Talvez você não esteja acostumado ao jargão e esteja se perguntando nesse momento “o que diabos é um suecado?”. Bom, eu posso explicar que o termo foi cunhado no filme “Be Kind Rewind (Rebobine, por favor)”, dirigido por Michel Gondry (um grande incentivador dessa contracultura) e estrelado por Jack Black e Danny Glover e que consiste na reprodução/refilmagem de  obras famosas, só que de forma bem caseira, sem muitos recursos para locações, cenários, figurinos e principalmente para efeitos especiais. Mas acho muito mais fácil deixar você ver do que se trata.

Sim, esse é o nível

Um suecado pode ser de qualquer coisa, quer uma versão do clássico de ficção oitentista “Tron”? Está aqui:  https://www.youtube.com/watch?v=GpB6Hjmya70.

Que tal uma coisa mais recente o trailer de “Vingadores – Ultimato”? Pode deixar: https://www.youtube.com/watch?v=dvxcjIvLucw.

Já sei, que tal um suecado feito por brasileiros: https://www.youtube.com/watch?v=RFGglinnlc4.

Não está afim de filmes? Talvez prefira um clipe de Billie Eilish:  https://www.youtube.com/watch?v=H-OmMXBnr9c?

Acho que agora você já entendeu o conceito. Tecnicamente falando temos que assumir que “X-POCs – Evolution” é suecado apenas em estética, visto que não reproduz com exatidão a série dos “X-men” mas sim, cria um roteiro próprio para brincar com os clichês dos desenhos animados e HQs. A sátira cria sua própria versão dos nomes das personagens, está dividida em temporadas e a duração dos episódios varia bastante. A primeira temporada abrange o arco da Fênix Negra, ou melhor, da Galinha de Fogo e já começa com algo que os nerds adoram: Heróis lutando contra heróis, afinal vilões não tem graça!

Faísca em X-POCS-Evolution

Essa temporada é basicamente composta pela luta entre Faísca e Jean Gay, e na minha opinião é o melhor arco de todos. Sem firulas, sem enrolações, só confrontos sem justificativas razoáveis (afinal é um roteiro inspirado em quadrinhos) e  os figurinos são um show à parte. Faísca está basicamente enrolada em panos brancos para reproduzir os esvoaçantes trajes da Tempestade, e diga adeus àquela peruca horrorosa que puseram na Halle Berry, nada disso, aqui um pano branco na cabeça transforma-se em uma peruca muito melhor. O mesmo vale para Jean Gay afinal não é fácil encontrar um ator poc ruivo para o papel, então, pano vermelho na cabeça da poc.

A coreografia de luta é primorosa, rodopios sem sentido para lá e pra cá, áudios extraídos da série, e mãos esticadas para lançar seus poderes mutantes. Filmagens externas? É claro que não, os atores não querem pagar esse mico na rua, não na primeira temporada! A luta toda acontece dentro de um local fechado (talvez a garagem de algum deles), não tem céu aberto em local fechado mas isso não impede Faísca de criar enormes ciclones e lançar para cima de Jean Gay. Ah sim! Ela não levaria o codinome de faísca se não atirasse raios, e os efeitos digitais são realmente de ponta (algum app grátis baixado no celular).

Quando a luta aperta, a entidade cósmica toma conta do corpo da mutante telepata e a Galinha de Fogo entra em cena. Lembram-se que a luta ainda está acontecendo numa sala fechada? Bom isso não impede a deusa do clima de criar um enorme bloco de gelo que cai do… céu???!!!! Mas isso não para a Galinha de Fogo e eis que então chega ajuda de Escroto Winters, também conhecido como Cipoc. Cipoc e Faísca unem forças para tentar frear os poderes fora de controle dela, mas nem assim eles conseguem. Eles precisam de alguém mais poderoso, eles precisam de alguém mais experiente, eles precisam de um líder mutante, eles precisam do… Professor Velha!

A Galinha de Fogo surge para destruir tudo

Sem dinheiro para comprar uma cadeira de rodas para a cena? Tudo bem, coloque dois pneus carecas ao lado de uma cadeira de cozinha e está tudo resolvido! Os poderes do professor precisam ser ampliados? É preciso utilizar o capacete de motocicleta, digo, é preciso utilizar o supercomputador Cérebro! E assim, finalmente, a ameaça cósmica é detida, ou será que não? É claro que há uma cena pós créditos!

A série se segue com a introdução de novos mutantes, digo novas pocs, localizadas com a ajuda do Grindr!!! E olha que a série tem até uma sequência de abertura para explicar quem é quem, igualzinho aos desenhos animados. Poc com garras de adamantium (facas de cozinha) entre os dedos? Só pode ser Pockerine! Mechas brancas e capacidade de absorver poderes? É ela mesma, a Chupona! Precisando de alguém para atravessar paredes? Que tal a sorridente e dançante Pani Kit? Mas espere, temos vilões também. Notei um gato suspeito na cena com olhos brilhantes demais. Eu sabia que era ela, a poc metamorfa Transformistica! E é claro que se nem os milhões da Fox convenceram Jennifer Lawrence a passar horas se maquiando não seria o orçamento de “X-Pocs – Evolution” que o faria. Não! Vamos pedir para a tia costureira fazer uma roupa colante azul com o pano da promoção do bazar do carnaval que já está ótimo. Sequência de transformação? Mais um app grátis de celular!

Professor Velha utilizando o Cérebro

Eu falei da Fox? É preciso fazer justiça, em certos pontos, a web-série é mais fiel aos quadrinhos do que os filmes do cinema. Aqui a versão poc da Vampira voa e tem super força, a versão da mística continua sendo vilã. O governo tenta intervir criando a “cura poc”. Veja só, referência simultaneamente aos quadrinhos e ao Brasil atual.

Temos robôs gigantes? É claro que sim, o famigerado exterminador de Pocs Kicka Nela. A Poc mais poderosa de todas também está lá Debocheira Escarlate, e mais importante de tudo. O arqui-inimigo do Professor Velha o grande líder da irmandade, o mestre dos metais: Barroca!

Tudo na série é muito infâme, as piadas são absurdas e estão repletas de referências à cultura LGBTQIA+. O Pajubá é usado com frequência e as tramas giram em torno de motivações tresloucadas tais quais “destruir todas as boates gay da cidade para ter os boys todos só para mim”, “invadir a mansão para roubar os nudes do cérebro”. Mas também faz abordagens aos clássicos dos quadrinhos, animações e cinema como as famosas cenas de jogo de xadrez entre os líderes das equipes, Pockerine com as “roupas” da HQ “Arma-X”, a mutante metamorfa trocando de lugar com o líder para prenderem a pessoa errada. Ainda tem crossover com vingadores e até referência à trilogia “Os mutantes” da Rede Record, quem não se lembra da frase “Nossa, que sapão!”? Tem memes que já vem prontos!

Os nomes das personagens e os figurinos são o ápice da produção. Consegue adivinhar quem são Dark Room, Ursão e Frozi? Basta assistir à série para descobrir. Talvez você ainda esteja se perguntando se eu falo sério ou se essa matéria é pura trollagem minha. Bem, não é trollagem! De fato, os últimos filmes da Fox foram tão ruins que nem tive coragem de assistir “X-Men – Fenix Negra”, então se é pra assistir uma produção mal feita baseada nas HQs dos mutantes eu prefiro assistir a algo que é propositalmente mal feito e que pelo menos me faça rir.

Como disse no início da matéria, a internet democratizou a produção do audiovisual e agora a velha história de “uma câmera na mão e uma ideia na cabeça” está mais viva do que nunca. “X-POCs – Evolution” está aí para divertir quem quiser, basta clicar na playlist do canal “Universo Poc”:

https://www.youtube.com/playlist?list=PL7k8DyIZiiD3-LQPFFY87qBkZ_AT-MdFC

A risada é garantida.

O elenco de “X-POCS-Evolution”

P.S. E não é que o roteiro das temporadas vai evoluindo e já estou na saga cósmica? Está esperando o quê? Vá correndo assistir.

E se você quiser conversar comigo, falar literalmente qualquer coisa, me indicar outras paródias absurdas. Mande seu e-mail para contato@superninguem.com.br, ou deixe seu comentário logo abaixo.

Nota do Editor: Se você acha que Everton Nucci finalmente enlouqueceu devido à pandemia e precisa de tratamento psiquiátrico, favor enviar e-mail para o mesmo endereço.

E a dica do dia é a HQ “Eu, Wolverine”, o clássico de Chris Claremont e Frank Miller que inspirou o filme “Wolverine – Imortal”, mas acredite, a HQ é infinitamente melhor do que o filme. Por hoje é só, obrigado por lerem essa coluna, continuem acessando o site e fiquem em paz!

Assista se tiver coragem

_______________________________

Everton Nucci é tecnólogo por formação, servidor público por opção, ator por paixão, escritor fanfarrão, e seu ódio pelas adaptações recentes dos X-Men é incalculável.

3 Comments

  1. Julie Any Garbin Frizarin disse:

    Adorei aprender o termo suecada! E eu gosto do xman, mas nunca assisti série só filme, mas de repente eu gostaria dessa kkkk Nota: você não está enlouquecendo, arrasou como sempre!

    • Everton Nucci disse:

      Obrigado Julie. Sua opinião sempre imparcial é imprescindível aqui na coluna.
      (No fim do mês eu te mando o cheque).
      Continue acessando o site! 😘

  2. Julie Any Garbin Frizarin disse:

    Se você fosse dar um cheque pra todo mundo que acessa a coluna, vai falir!!!! Mas eu quero sim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *