Por Lorena “DCnauta” Soeiro

Incrível como em um ano com poucos lançamentos no cinema, o filme que mais se fala – ironicamente – já foi lançado no cinema…

Bem, você leitor, com certeza, já ouviu falar no Snydercut, mas já parou para pensar na repercussão dele?

Falamos sobre o filme da Liga da Justiça há uns 5 anos, mas ele nunca esteve tanto no trend topic de noticias quanto este ano. Caso você viva numa caverna e desconheça essa historia, vou lhe fazer um breve resumo aqui:

Os caminhos que levaram até a noticia de que viria a Snydercut (versão da Liga da Justiça inteiramente feita por Zack Snyder) são muitos, tortuosos e mais emocionantes que andar em montanha russa.

Em maio de 2017, Zack Snyder – oficialmente – abandonou o filme da Liga da Justiça. Logo depois que sua filha cometeu suicídio…

Muito se fala se ele pediu para sair ou se os executivos da Warner o demitiram.

O Certo é que Joss Whedon foi chamado para terminar o filme, que já estava praticamente finalizado. Todas as cenas já haviam sido filmadas, o filme estava na fase de pós produção. Aparentemente os produtores da Warner não gostaram do longa e pediram para Whedon o tornar mais leve e engraçado (estilo Marvel). Mas o resultado disso é um filme onde é perfeitamente fácil notar quais cenas são de cada diretor, ficou uma colcha de retalhos, um filme Frankenstein (fruto de cenas conflitantes, roteiro alterado e o famigerado bigode no Super, ou seja, horrível).

Logo depois do lançamento do filme, fãs frustados, como eu, começaram a pedir para a Warner lançar a versão da Liga do Zack Snyder. Todos suplicavam pela Snydercut. Alguns pagaram outdoors e teve um fã americano que ate pagou um avião com “#releasethesnydercut”, e os pedidos, inclusive, vieram dos próprios atores no 2º aniversário do filme. Gal Gadot, Ben Affleck e outros atores se juntaram ao clamor dos fãs.

Além disso, Zack Snyder atiçava a imaginação geral, liberando partes de roteiro, storyboard, imagens inéditas. A pressão só crescia; toda semana, desde novembro do ano passado, se falava que a Snydercut  iria finalmente ser lançada…

#ReleaseTheSnyderCut

Mas, finalmente, em maio deste ano foi anunciado: A HBO MAX vai lançar a SnyderCut finalmente em 2021.

Mas ai você está pensando que isso é normal, sempre existiu a versão do diretor e isso não é novidade.

Acontece que, primeiramente , foram os fãs que pressionaram tanto nas redes sociais, que os produtores perceberam que havia público para lançar a versão do diretor.

Segundo que, pela 1ª vez na historia, teremos um diretor que não pode mostrar sua versão do próprio filme, podendo fazer isso em um streaming. Ou seja, levando sua versão ao grande publico, não apenas nas versões de dvds, como de costume.

Claro, Snyder terá que gastar ainda cerca de 30 milhões para finalizar o filme mas, ainda assim, vale muito a algum estúdio gastar so isso para ter uma série de 4 ou 6 episodios (ainda não está certo quantos episódios serão. Só se sabe que terá cerca de 4 horas de duração.

A Liga da Justiça de Snyder Cut chegará pela HBO em 2021

Isso é sem precedentes na historia do cinema, mas como pode mudar a indústria?

Bem, estamos numa era de guerra entre streamings. Inegável como Star Wars atrai um publico enorme para assinaturas do streaming da Disney. Snyder sozinho pode fazer isso para o novo streaming da HBO.

Alem disso, desde que a indústria de cinema existe, diretores são obrigados a comprometer suas visões, alterando roteiro, alterando final de filme (mesmo quando foi a visão do diretor que o levou a ser contratado). A Warner é acostumada a fazer isso. Lançou Matrix em poucas salas de cinema pois achava que seria prejuízo ao estúdio….

Superman com ou sem bigode?

A HBO  está dando total controle do filme a Zack Snyder; agora virá a sua versão da Liga da Justiça, exatamente como o diretor a visualizou.

Se o filme for um sucesso de público e crítica, podemos ter uma nova era no cinema, onde o diretor terá sua visão completa do filme realizado. Não apenas o studio, afinal, são poucos os diretores capazes de fazer um filme com completo controle do projeto.

Tarantino é uma dessas raras exceções.

Até diretores consagrados – como Martin Scorsese – andam enfrentando problemas. O diretor foi filmar The Irishman ( O irlandês ) na NETFLIX, pois esta lhe deu total controle do projeto. Por isso temos um filme tão longo, mas que é a versão que o diretor quis mostrar. Dificilmente algum estúdio iria querer lançar no cinema tal filme…

O Snydercut é algo ousado que alguns juravam que nunca iria ocorrer, é essencialmente o estúdio se desculpando por ter corrompido a visão do diretor e admitindo que errou feio.

A perseverança dos fãs e de Snyder venceram no final e pode ser um novo começo para o cinema.

Não importa se você e fã de Zack Snyder ou não. Se é DC ou Marvel. Se sequer gosta de filmes de heróis. Aqui temos um criador que teve sua obra corrompida e agora vai poder mostrar sua real visão. Isso é uma enorme vitória para todos nós, amantes da sétima arte.

Se você quiser saber ainda mais sobre esse filme da Liga e novidades da DC, pode se logar ao endereço abaixo (precisa fazer o cadastro prévio) para assistir o super evento que falará das novidades da DC no sábado, ao vivo!!!

https://www.fandom.com/register

_________________________________________

Lorena Ferreira Soeiro é Professora tradutora de inglês, Nerd e DCnauta. Ocasionalmente viaja para participar de eventos Nerds e colabora com alguns sites de cultura pop.

Também é detentora do recorde de ter ido em todas as edições da CCXP, em todos os dias, de Cosplay, Incluindo uma edição fora do Brasil, pois estava estudando num pais vizinho.

3 Comments

  1. Ótimo texto e visão sobra o tema, Lorena!
    Parabéns pelos seus textos, sua colaboração com o cinema, com a cultura POP e com as artes nerdisticas!
    Que vena Snydercut!

  2. Toninho disse:

    Já estou doido pra ver está linda obra

  3. Urbano disse:

    Curioso que o fã de quadrinhos não tem hoje apenas a hegemonia do termômetro das maiores bilheterias, como ainda vai marcar uma virada histórica na inédita reapresentação de um filme reconstruído via era de streaming. Liga da Justiça foi um desperdício. Que use bem sua chance do desperdício ao sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *