Por André Costa

Bem-vindos, ilustres fãs de quadrinhos. Hoje vamos falar de um seriado japonês que fez muito sucesso no Brasil nos anos 80.

O seriado Spectreman foi produzido pela P-Productions, a mesma produtora japonesa de Vingadores do Espaço (Goldar) e Lion Man. Foi exibido pela Fuji Television entre 1971 e 1972.

Na época de sua produção, Tóquio, a capital do Japão, era considerada a cidade mais poluída do planeta. Talvez por isso foi criado um herói que pudesse combater essa ameaça.

Spectreman é um ciborgue construído pelos Dominantes. Seu planeta, Nebula 71, faz parte da Federação Espacial, órgão que tem tem o objetivo de ajudar planetas subdesenvolvidos.

Spectreman – Criado pelos Dominantes

Spectreman é enviado a Terra e assume a forma de um ser humano normal. Quando os Dominantes, seus criadores, permitem, ele assume a forma robótica, sendo dotado de inúmeras armas. Seu objetivo é combater o Doutor Gori e seus monstros.

Quem é o Doutor Gori?

O planeta Épsilon era habitado por simióides (homens- macacos) pacíficos e sua tecnologia era muito avançada.

O cientista Dr. Gori foi escolhido para ser o líder desse planeta. Entretanto, como ele tinha planos de conquistar outros mundos, foi preso e perdeu seu cargo. Como naquele planeta não existia pena de morte, ele sofreria uma espécie de lavagem cerebral para que se tornasse pacifico. Contudo, Gori foi resgatado por um oficial do exército chamado Karas e os dois fugiram numa espaçonave.

Após vagar pelo espaço, o Dr. Gori avistou o planeta Terra e ficou maravilhado com sua beleza. Contudo, percebeu que os seres humanos estavam poluindo o planeta e logo iriam destruí-lo. Ele decide, então, criar monstros gigantes a partir da poluição e exterminar os seres humanos.

Cabe a Spectreman frustrar seus planos.

Identidade Secreta

Os Dominantes determinam que a identidade de Spectreman deve ser mantida em sigilo. Por isso, o herói assume a identidade humana de Kenji e vai trabalhar na Agência de Controle da Poluição.

Como os monstros do Dr. Gori geralmente são criados a partir da poluição, o emprego de nosso herói o ajuda a cumprir sua missão.

No decorrer da série, essa agência ganha novos equipamentos, armas e se especializa no combate a monstros.

Dr. Gori e seu assistente Karas em Spectreman

Episódios

O seriado foi idealizado e produzido por Tomio Sagisu, presidente da P-Productions. Possui 63 episódios dotados de alto teor dramático e foi um sucesso na tevê japonesa.

A versão que foi distribuída mundialmente foi editada nos Estados Unidos e dublada em Inglês. Alguns episódios foram alterados para que fossem exibidos para as crianças norte-americanas.

A série recebeu uma música tema em Inglês que abria e fechava os episódios. A trilha é uma versão da música The First Day of Forever, da banda norte-americana The Mystic Moods Orchestra.

Intérpretes

Em sua forma robótica, Spectreman foi interpretado por Koji Uenishi. No seriado, ele também interpreta Karas. Esse ator interpretou o Ultraseven em sua forma robótica.

Na forma humana, foi interpretado por Tetsuo Narikawa. Além de ator, era lutador de karatê e foi fundador e presidente da Liga Internacional de Karatê no Japão.  Morreu em 2010 vítima de câncer no pulmão.

Na pele de Dr. Gori, está o ator Takanobu Tohya.  Na versão original, ele é dublado por Kiyoshi Kobayashi (episódios 1-10, 19-29), Seizo Kato (episódios 11-18) e Ren Nishiyama (episódios 30-63).

Spectreman enfrenta um dos Monstros de Dr. Gori

Dublagem Brasileira

No Brasil, o seriado foi dublado pela extinta empresa Com-Arte São Paulo nos estúdios da TVS (atual SBT) pela mesma equipe que, anos depois, dublaria o Chaves. Para se ter uma ideia, o ator Carlos Seidl, responsável por dublar o Dr. Gori e o narrador da série, foi o dublador do Seu Madruga na série Chaves.

Revista em Quadrinhos

Spectreman fez tanto sucesso no Brasil que, em 1983, a extinta editora Bloch criou uma revista em quadrinhos não oficial do seriado. A revista teve 30 edições em formatinho. Tinha o argumento de Carlos Araújo e desenhos de Eduardo Ventillo.

Espero que tenham gostado desse artigo, ilustres fãs de quadrinhos. Se tiverem alguma dúvida, sugestão, deixem nos comentários.

Obrigado pela companhia

Até breve!

Abertura Spectreman

______________________________________________

André Costa, 44 anos. Professor de Inglês em escola regular, escritor, tradutor. Apreciador da Cultura Nerd em geral, principalmente de quadrinhos de Super-Heróis. Autor do livro Cavaleiro das Trevas: Uma Leitura Sócio-Cultural e Ideológica do Batman.

2 Comments

  1. André Rigueto disse:

    Maravilhoso resumo, que show de matéria, parabéns a equipe!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *