Cosplayer: Rafael Danesin

Quanto tempo demorou para terminar o cosplay: cerca de 6 meses

Principais materiais utilizados: EVA, tecido, veludo, borracha

Custo Total do Cosplay: cerca de R$1500,00

O que mais deu trabalho para fazer: o cosplay foi feito pela cosmaker Ana Ribeiro e pelo @adilsonlimacosmaker, o martelo pela @juhribeiro e o stormbreaker pela @oficinageekbros

Dica para quem quiser fazer este cosplay: economize bastante hehe

Cosplay Thor – Cosplayer Rafael Danesin

Super Ninguém: Thor já apareceu em diversos filmes da UCM, com versões diferentes, desde o primeiro filme solo até o “Deus do Litrão” em Vingadores Ultimato. Você tem alguma versão preferida?

Rafael Danesin: Gosto bastante do filme Thor: Ragnarok, porem minha versão preferida é a do herói em Vingadores: Guerra Infinita, principalmente da cena de sua chegada em Wakanda. Eu gosto muito do conceito dele em Ultimato, pois demonstra que até mesmo um deus pode ficar deprimido e demonstrar fraqueza, e ao final do filme ele vence seus traumas, participando na batalha final contra Thanos.

Super Ninguém: Aliás, dá para ir bem lá atrás, porque Thor já apareceu em uma versão bem tosca no filme “A volta do Incrível Hulk” (1988), com Lou Ferrigno pintado de verde. Já viu? Acho que nunca vi ninguém com esse cosplay.

Rafael Danesin: Sim, lembro bem desse filme, de fato foi a primeira versão live-action do herói. Apesar de bem diferente do Thor dos quadrinhos, ele guarda algumas semelhanças com o Thor do MCU. Também gostaria de ver um cosplay dele kkk

Super Ninguém: Já que estamos falando de Thor e universo cinematográfico, dos três filmes solo com o Deus do Trovão, qual você mais gostou? E qual sua expectativa para “Thor: Love and Thunder”, programado para 2022?

Rafael Danesin: Dos 3 acredito que o que mais gosto é o Thor Ragnarok. Gosto muito do 2, acho o 1 bem fraquinho, para ser sincero. O 3 deu uma bela mudança pro herói – apesar do excesso de piadas me incomodar um pouco, acho que é o filme mais divertido de todos. Taika Waititi fez um bom trabalho, espero algo bem legal no próximo filme. O vilão Gorr é um dos mais poderosos que o deus do trovão já enfrentou, e a poderosa Thor da Jane Foster, vivida pela Natalie Portman, é uma das melhores coisas que já aconteceram em suas hqs. Estou doido para ver o retorno da personagem nas telonas.

Super Ninguém: O irmão de Thor, Loki, começa como vilão, mas gradualmente foi sendo inserido ao lado dos mocinhos, agora temos uma série dele vindo por aí, que já tem até trailer. Pretende assistir? Já pensou em fazer cosplay dele ou de outro personagem?

Cosplay Thor – Cosplayer Rafael Danesin

Rafael Danesin: A serie do Loki com certeza é a mais esperada de todas as da Marvel. A produtora está fazendo um ótimo trabalho com WandaVision, e o retorno do deus da trapaça promete ser muito interessante, afinal de contas Tom Hiddleston e seu personagem mereciam para demonstrar todo o potencial do Loki. Sobre outros cosplays, da Marvel tenho muita vontade de fazer o Peter Quill (muitas pessoas me dizem que pareço com ele), além do Aranha Noir da animação e o ciclope dos X-men. Outros personagens que pretendo fazer são Obi-Wan (que já faço, apenas não estreei devido à pandemia), Butcher Billy do seriado The Boys, e Venom Snake da serie Metal Gear.

Super Ninguém: Você costuma participar de eventos e concursos como cosplay de Thor? Tem alguma história curiosa que aconteceu contigo em algum deles e que queira contar?

Rafael Danesin: Em verdade, a melhor coisa de ser cosplay é participar de eventos e conhecer pessoas. Algo que gosto muito é tirar fotos, e levar alegria para todos, é incrível ver o carinho que as pessoas tem pelo personagem, e você levar essa alegria a eles e algo indescritível. Sobre concursos e desfiles, participei de todos, pra mim o importante não e concorrer, nem ser o mais conhecido/famoso, mas sim se divertir. Vejo muita gente ai brigando pra ser o “cosplay oficial” de tal personagem , pra mim quanto mais cosplayers de Thor eu encontrar melhor, pra tirar aquela foto, fica super legal. Acho que o mais curioso que aconteceu comigo em um evento foi ter conhecido dubladores dos personagens, dentre eles o Mauro Horta, que faz a voz do Thor, que chegou a  me dublar enquanto eu fazia uma encenação do personagem, e o Duda Spinoza que faz a voz do capitão, super gente boa.

Super Ninguém: Além de eventos e concursos, já participou de alguma outra atividade como cosplayer? Eventos de caridade, etc?

Rafael Danesin: Minha vontade era fazer trabalho comunitário como cosplay, digo, como visitas a hospitais e ações em prol de entidades. Me juntei a um grupo de cosplayers de Star Wars de Campinas que fazem este tipo de ação, e em 2020 iria começar a visitar hospitais com eles, mas veio a pandemia e impediu as ações presenciais – mesmo assim, sempre que me pedem, gravo vídeos para enviar a crianças no hospital do câncer – esperando que a mensagem de esperança dada por um de seus heróis possa aquecer seus corações.

Super Ninguém: Qual a importância do universo cosplay em sua vida?

Rafael Danesin: O cosplay sempre foi algo que admirei, em 2019 comecei o meu primeiro projeto cosplay, que foi o Thor versão guerra infinita. Mesmo sendo um hobby propriamente, eu diria que o cosplay me ajuda bastante, a combater minha timidez, socializar e viver novas experiências. Infelizmente descobri muita coisa ruim no meio cosplay, que inclusive fizeram muitos amigos meus desistirem. Mas enquanto estiver fazendo o bem para as pessoas e levando alegria, e me divertindo ao mesmo tempo, continuarei fazendo isso, mesmo não sendo meu foco principal ou uma profissão. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *